A ASW (Aero Sport Wear), de gerência da Silva Matos, uma das maiores fabricantes de vestuário e acessórios para off-road do país, está prestes a completar 25 anos de fundação e é parceira do Rally Piocerá. Desde o mês de setembro, a equipe técnica da prova vem realizando os levantamentos e as conferências de todas as modalidades, utilizando as roupas e acessórios ASW.

            O gerente da empresa, Fernando Silvestre, disse que a ASW sempre acreditou no esporte off-road e em especial nas modalidades sobre duas rodas, e como grande player do mercado está sempre apoiando projetos de sucesso, como o Piocerá/Cerapió. “O Rally Piocerá é uma prova muito especial, pois além do trajeto que por si só já vale muitos elogios, é a prova que consegue reunir na mesma competição motos, carros, quadriciclos e bikes. Como prova tradicional do calendário off-road nacional, o Piocerá gera o que toda marca espera de retorno quando patrocina eventos: visibilidade! pois a imprensa especializada, emissoras de TV, jornais e Web estão presente e participam. Associar sua marca a um evento assim que une formadores de opinião, consumidores potenciais é exatamente o tipo de ação que vale a pena participar”, destacou.

  Fundada em 1986 pelos irmãos Paulo e Dimas, a Silva Mattos surgiu da percepção de seus fundadores - apaixonados pelo off-road, da carência de equipamentos para a prática de esportes como o enduro, rally e motocross. Criando marca própria, os fundadores deram início à produção de luvas, em suas próprias casas com somente uma costureira. O produto passou a ser oferecido pelos próprios irmãos às principais lojas de equipamentos e acessórios da época, principalmente na região central de São Paulo, e também na região metropolitana de Minas Gerais.    

“Nossa linha é atualmente exportada para Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Portugal e Israel”, disse Fernando Silvestre. A empresa foi se firmando aos poucos. Em 1996, a empresa teve um grande impulso, quando foi firmado um acordo de distribuição dos equipamentos da Fox Racing Inc., a maior fabricante de equipamentos do setor dos Estados Unidos. Já nesta época outros irmãos da família também entraram na sociedade, agregando suas experiências e conhecimentos e contribuindo para um crescimento ainda maior da empresa, que em 1999 inclui em sua linha capacetes de fibra de carbono com fibra de vidro, de altíssimo padrão de qualidade e segurança.

No ano seguinte, inicia-se uma sucessão de consultorias especializadas, que aliou o empreendedorismo e visão dos sócios da empresa aos últimos avanços em termos de produção industrial, administração, comercialização e comunicação, que garante à Silva Mattos a liderança do mercado desde então. Hoje, a empresa está associada a sólidas parcerias internacionais, que trouxeram à empresa a distribuição oficial das seguintes marcas no Brasil: Shift (equipamentos e acessórios), Smith (Óculos e acessórios), Leatt (protetor cervical), Wirtz (manetes e guidões), KBC (capacetes), Sparx (capacete), NorthWave (sapatilhas), Louis Garneau (sapatilhas e roupas técnicas).

Em 2006, a Silva Mattos deu início a uma nova etapa em seu crescimento, ao estabelecer nova governança corporativa, reforçando a participação e independência das unidades de negócios Bike (equipamentos e acessórios para ciclistas), e a unidade Sportswear (confecção casual), e iniciando também a produção e distribuição de equipamentos on-road (equipamentos e acessórios para motociclismo urbano e competições).

            AÇÃO SOCIAL - Silvestre ressaltou que o Rally Piocerá também se preocupa com ações sociais, como a arrecadação e distribuição de alimentos, kits de higiene bucal, sempre para as comunidades carentes do roteiro. No Cerapió deste ano, foram arrecadados milhares de quilos de alimentos que foram doados  ao povo do Haiti, atingido pelo grande terromoto, que assolou o país, em janeiro deste ano. Para o Piocerá 2011, volta à tona o projeto “No Câmbio da Mama”, no qual a Fundação Maria Carvalho Santos, de Teresina-PI, fundada pelo médico mastologista Luís Airton, fará palestras e outros serviços para mulheres em municípios do roteiro, durante todos os dias da competição, marcada para 23 a 29 de janeiro. O projeto da Fundação é um trabalho de prevenção do câncer de mama.

 

 

Por Márcia Cristina
Aldeia Com.

  

Notícias mais recentes

01/02/2020
Confira quem são os campeões nos carros, quadriciclos e UTVs do Rally Cerapió 2020
01/02/2020
Rally Cerapió define campeões das motos na 33ª edição da competição
01/02/2020
Conheça os campeões da prova de bikes do Rally Cerapió 2020
30/01/2020
Atletas vencem cansaço no terceiro da prova de bikes do Cerapió 2020
30/01/2020
Equilíbrio marca disputas dos UTVs, quadriciclos e carros no Rally Cerapió 2020