O maior rally de regularidade da América Latina, Cerapió completa 25 anos para os motorizados, para o mountain bike, considerado o único rally de bike do mundo, chega à sua 12ª edição como uma prova tradicional de longa distância. Depois de recentemente concluído o levantamento do percurso pela equipe técnica da prova, ficou definido todos os detalhes dos quatro dias oficiais de mais uma aventura sobre duas rodas. Os bikers percorrerão 327 km de prova, contando os trechos cronometrados e deslocamentos, com terrenos e climas variados, com passagem por municípios do Ceará e Piauí. O evento começa dia 22 de janeiro, no Centro Dragão do Mar, em Fortaleza –CE, com as vistorias técnicas e médicas, que seguirão até o dia 23, dia marcado para os os briefings, coletiva de imprensa e largada promocional para todos os competidores.

A aventura começará pra valer no dia 24 de janeiro, na Praia do Cumbuco, localizada no município de Caucaia/CE, a 30 km de Fortaleza. A largada para o rally de bike se dará precisamente às 8h, em frente ao restaurante Velas do Cumbuco

O diretor da prova, Zenardo Maia, afirmou que a etapa de abertura será longa, com predomínio esperado de sol e ventos fortes. “O bom senso recomenda o uso de protetor solar e roupas apropriadas para proteção, como forma de evitar desgastes”, alerta. Depois da largada, a competição segue passando pelo Porto do Pecém e pelas praias de Taíba e Paracuru. A direção de prova adianta que o vento ajudará, soprando a favor dos atletas. Na cidade de Paracuru, os atletas deixarão a praia para seguir por trilhas de terreno arenoso, passando pela cidade de Paraipaba, de seguirão por estradas vicinais até a cidade de Trairi, para o primeiro pernoite. A chegada que será no Pólo de Lazer da Lagoa. Esta primeira etapa soma um total de 92 km.

“Apesar de ser um terreno plano, o primeiro dia não será nada fácil, quase todo percurso é de terreno arenoso, fazendo com que o atleta tenha que pedalar mais forte. Um bom planejamento de corrida faz a diferença em um rally como o Cerapió”, destaca Maia.

A partida para a 2ª etapa, dia 25, terá largada no Pólo de Turismo da praia de Mundaú-CE, até a cidade de Itapipoca. O dia começa com certo grau de dificuldade, adianta Márcio Braz Filho, coordenador da prova. “Subir uma duna digna de Rally Cerapió, em um lugar encantador que revela na dificuldade do obstáculo um paraíso que aparece perdido na imensidão da paisagem, misturando dunas e o mar ao fundo. Impossível pedalar, mas também pra que? Com tanta coisa bonita pra se ver”, brinca Márcio Filho. Mas, nem tudo é festa e a jornada continua. Depois de atravessar as dunas, os competidores seguem por estrada de terra passando pelas localidades Palmeiras e Oásis, seguindo uma trilha muito arenosa até cruzarem a CE-085, local de zona de apoio técnico. A trilha continua depois de um trecho de asfalto e segue até encontrar a BR-402. Neste local encerra-se a especial (trecho cronometrado) do dia. A trupe segue em deslocamento até o Posto São Tomé, da Petrobrás, na saída de Itapipoca.

“É importante lembrar que os trechos de deslocamento durante o percurso da prova são válidos, pois o atleta pode ter a surpresa de cruzar com PC de roteiro. A prova acaba embaixo do arco de chegada. Será outro dia com altas temperaturas e com trilhas muito arenosas”, diz Maia, completando que será um total de 85 km de trilha.

No 3º dia, 26, os atletas terão um super circuito de 76 km em Pedro II já, no Piauí. Nesta etapa, eles enfrentarão subidas e descidas, riachos e alguns bancos de areia nas trilhas ao redor de Pedro II. Segundo Márcio Filho, os atletas enfrentarão um clima mais ameno. “É um circuito com característica técnica por causa das descidas rápidas e subidas acentuadas em um terreno com lajes e pedras soltas”, explica.

No 4º e último dia, os atletas largarão de Altos-PI, cidade ao Norte do Piauí, e seguirão por um estradão até a localidade Zundão, de onde partirão em direção ao povoado Mucambo, às margens da PI-113. Após cruzar menos de um quilômetro de asfalto, a competição adentra a trilha novamente e desta vez em um estradão um pouco mais técnico até a localidade Lagoa de Piripiri. “No trecho seguinte, os bikes seguirão até a localidade Tapuia, onde mudam de direção indo no sentido da localidade Santa Luz. Já próximo ao fim da etapa, a trilha ganha características mais técnicas por causa das pedras soltas e pequenos bancos de areia”, diz Márcio Filho. O Fim da especial acontecerá no Sítio Cantinho do Céu, já na zona rural de Teresina, capital do Piauí, para um trecho de deslocamento de 20 km até a Ponte Estaiada – Mestre João Isidoro França, local onde acontecerá a grande festa de premiação para todas as modalidades do Cerapió 2012, a partir das 21 horas.

O Cerapió é uma realização da Radical Produções. As inscrições estão abertas para todas as modalidade no site oficial do evento: www.cerapio.com.br. Patrocínio: Honda, Governo do Estado do Ceará; Co-patrocínio:  Governo do Estado do PiauíPrefeitura Municipal de TeresinaApoio: Volkswagen, Houston.  Colaboração: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Fortaleza - CE), Prefeitura de Tururu (CE), Prefeitura de Uruburetama (CE), Prefeitura de Trairi (CE), Prefeitura de Sobral (CE), Prefeitura de Pedro II (PI). Colaboração Especial: Onix, Sebrae (PI), Tv Clube e Revista da Moto. Transportadoras Oficial: TAMAR e Motoliner. Parceiro: Gol. Supervisão: CBA, CBM, Fed. de Motociclismo do PiauíFMP, Fed. de Motociclismo do Ceará – FMC, Fed. Cearense de AutomobilismoFCA, Fed. de Ciclismo do Piauí - FCICLOPI, Federação Cearense de Ciclismo – FCC. 

 

Aldeia Com.

Notícias mais recentes

29/06/2021
Rally Cerapi 2022 movimentar economia de cerca de 30 cidades de trs estados
05/06/2021
Sesc Piau ser um dos parceiros da 35 edio do Rally Cerapi
05/05/2021
Rally Cerapi 2022 apresenta roteiro da edio comemorativa de 35 anos
03/05/2021
Hoje! Lanamento oficial do Rally Cerapi 2022
05/03/2021
Consrcio Honda apresenta srie de vdeos do Rally Piocer 2021