Eles são da cidade de Cariacica, no Espírito Santo, e prometem levantar a bandeira do estado no pódio do maior rally de regularidade da América Latina, o Cerapió, que começa no próximo dia 22 de janeiro, em Fortaleza, no Ceará. O Rally de Bike é uma prova paralela à competição motorizada e os atletas fazem os percursos de quatro dias de prova no estilo contra-relógio, passando por quase todo o roteiro dos carros 4x4, motos e quadriciclos, claro, com trechos e velocidade diferenciados. A equipe Bike Adventure conta com Hugo Carlini, na categoria Sub-40; Denisval Alves, Sub-40 e Stephen Abul Mourad, na Over-40. Além, deles, Éverton Teixeira de Siqueira, único que mora na capital Vitória, volta pela segunda vez, que disputou a prova no Piocerá 2011.

                Apesar de estreantes, os amigos de Cariacica são atletas experientes e disputaram com vitórias várias provas pelo país e não apenas sobre duas rodas. Hugo e Denisval, este mais conhecido por Val, estão no esporte desde 1997. Stephen, 44, descendente de libaneses, pedala uns seis anos e também encara o pedestrianismo, tendo disputado a última Corrida Internacional de São Silvestre e também provas de duatlon (bike e pedestrianismo). Val é o destaque da equipe; em 2011, venceu em seu estado a corrida de aventura Survivor Trip trail, venceu a Copa Sul de MTB e ficou em 3º lugar no XTerra, além de acumular o título de tetracampeão capixaba de MTB.

                Hugo diz que a vida pessoal e profissional o levaram a dar uma parada no esporte, mas não por muito tempo. “Eu voltei uns seis meses ao esporte, para sair do sedentarismo, perdi trezes quilos e até tive alguns resultados em provas”, informou. Éverton Siqueira ficou na 12ª colocação no Piocerá 2011, na Over. Ele também disputou a ultramaratona de MTB Brasil Ride, ficando em 28º lugar na categoria elite; disputou Survivor e, entre outras provas, fechou 2011 em 2º lugar geral na categoria máster.              

                “O Val é um atleta nato, mais focado em competições. eu e o Stephen aproveitamos o tempo livre para pedalar. O Siqueira viajar muito para as competições e busca bons resultados. Voltar à forma para mim foi o fator principal e não vemos a hora de conhecer o Cerapió”, destacou Hugo, empresário, casado, 36 anos.

                Os amigos disseram que esperam uma prova difícil, ainda mais pela diferença de clima, que está chovendo três meses e está frio, bem diferente do Nordeste. “Mas estamos treinando debaixo de água, o máximo possível. Minha meta é vencer a mim mesmo, superar meus limites, o que nos torna vencedores”, disse Hugo.

“Não estamos esperando moleza e estamos nos preparando para todos os dias. Na parte física, mudamos primeiramente a alimentação. Nosso treinador, Fabiano Ciciliote, está fazendo um bom trabalho, instruindo-nos bem para uma dieta equilibrada, além de academia e pista, intercalando treinos pra  fazer volume...   as bikes têm aquele cuidado todo especial, desde a escolha do tipo de pneu ideal,  troca  kit para  30 marchas, quadros e outros detalhes, como bomba de co² e repositores”, diz Val, 36 anos, dono de loja de bike e motos.

 

Aldeia Com.

Notícias mais recentes

26/05/2020
Rally Piocerá lança 34ª edição para 2021 entre Piauí e Ceará
22/05/2020
É hoje o lançamento oficial da 34ª edição do Rally Piocerá.
01/02/2020
Confira quem são os campeões nos carros, quadriciclos e UTVs do Rally Cerapió 2020
01/02/2020
Rally Cerapió define campeões das motos na 33ª edição da competição
01/02/2020
Conheça os campeões da prova de bikes do Rally Cerapió 2020