Apenas uma categoria, a Master, ainda não havia definido campeão até as últimas etapas (17ª e 18ª) do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade, que foram realizadas nos dias 20 e 21 deste mês, em Cuiabá-MT. Nem por isso, a competição deixou de ser acirrada.
De acordo com o diretor de Enduro de Regularidade da CBM , Alfredo Miranda, a disputa pelo título na categoria Master foi até o último minuto. “Considerando os quatro descartes da competição, previstos no regulamento, vinha na liderança o Guilherme Cascaes com 10 pontos de diferença do Jomar Grecco. E, nos dias de competição o Jomar levou vantagem. No primeiro dia ele ganhou e passou essa diferença para 5 pontos, e ganhou novamente no segundo dia, e a diferença caiu para 2 pontos. Mas, não foi suficiente para levar o título. Sendo assim, o Guilherme Cascaes foi o bi campeão do campeonato”, explica Alfredo.
 
Guilherme Cascaes
“Fiquei muito satisfeito com o resultado. Venci as quatro primeiras provas, o que foram fundamentais para abrir vantagem no campeonato. No próximo ano vou continuar correndo no Brasileiro de Enduro de Regularidade e pretendo participar do Rally dos Sertões, pela primeira vez. O Rally é uma modalidade diferente, exige mais técnica e condicionamento físico, e vou me preparar para isso também”, conta Guilherme
 
Jomar Grecco
Jomar Grecco disse que tentará o título no próximo ano, mas ressalta que se não houvesse descarte na competição seria campeão. “Se pegar a somatória de todo o campeonato, eu tenho a maior pontuação. Neste caso, o descarte me prejudicou”, aponta o piloto.
No entanto o diretor nacional da modalidade explica que o descarte consta no regulamento que pela primeira pela primeira vez, neste ano, foi feito com a participação dos pilotos. “O regulamento do próximo ano está sendo estudado e mais uma vez vai contar com a participação dos pilotos, para que os mesmos não sejam prejudicados”.
As demais categorias definiram os campeões nas 15ª e 16ª Etapas, em Curitiba, nos dias 29 e 30 de setembro. Na categoria Sênior, quem ficou com o título foi o mineiro Marco Túlio Oliveira Faria, com diferença de 17 pontos para o segundo colocado Herculano de Aguiar Dias.
Na Over 40 teve dobradinha dos mineiros, Edson de Castro Maciel (226 pontos) e Márcio Gomes de Oliveira (117 pontos).
Os mineiros provaram que estão com tudo no Enduro de Regularidade, que na Over 50, os lugares mais altos do pódio também foram ocupados pelos mineiros, Heleno Gontijo de Sousa, que ficou com 282 pontos e Amilar José Rodrigues, com 221 pontos.
Na categoria Junior, Tiago Kudlavies de Campo Largo, no Paraná, foi quem conquistou o título, com 283 pontos. Na segunda posição ficou Claiton Fernando Lopes, de Sapucaia do Sul – RS, com 199 pontos. Felipe Melo, de Caxias do Sul-RS conquistou o título de campeão brasileiro na categoria Novato. Em segundo ficou Luiz Carlos Raymundo, de Viana, no Espírito Santo. 
O diretor do Enduro de Regularidade avalia que o campeonato foi um sucesso e espera maior participação de pilotos em 2013. “No próximo ano provavelmente será a mesma quantidade de etapas, mas estamos fazendo planos para que tenha mais pilotos fazendo todo o campeonato. Como o Brasil é muito grande, a distância para o piloto fazer todo o campeonato fica difícil. Este ano nós tivemos em torno de 15 a 20 pilotos que fizeram todo o campeonato. Então a nossa meta é fazer com que cada federação que for abrigar uma prova, que leve pelo menos uma quantidade mínima de participantes. Assim teremos um campeonato mais acirrado. Essa é nossa expectativa”, destaca Alfredo Miranda.
 
 
Assessoria de Imprensa - CBM

Notícias mais recentes

05/06/2020
Bate-papo com galera das bikes agita os canais do Rally Piocerá/Cerapió
26/05/2020
Rally Piocerá lança 34ª edição para 2021 entre Piauí e Ceará
22/05/2020
É hoje o lançamento oficial da 34ª edição do Rally Piocerá.
01/02/2020
Confira quem são os campeões nos carros, quadriciclos e UTVs do Rally Cerapió 2020
01/02/2020
Rally Cerapió define campeões das motos na 33ª edição da competição