E no primeiro dia de vistorias do Rally Piocerá os atletas das bikes chegam para sentirem o clima do enduro. Em Teresina, a equipe Newland Indaiá de Fortaleza chega com três atletas e um apoio para dar fôlego ao rally de bike, um dos mais emocionantes. A equipe conta com feras das duas rodas como Júnior Cabeção, que este ano concorre na categoria Sub 30, Gilberto Irmão, na Sub 40 e Elionai Sousa, na Sub 23. Cabeção compete pela 12º vez no Piocerá e é conhecedor das trilhas entre os dois Estados. Ele ganhou a prova em 2011 e ficou na quinta colocação em 2012.

“Por ser o Piocerá nos favorece, mas a dificuldade será maior este ano porque vamos pegar uma região de serras. Todo ano é desafiador”, disse Júnior Cabeção. Gilberto Irmão foi campeão do rally em 2011, na categoria Sub 30 e em 2012 ficou na terceira colocação. “Quero dar o melhor e conseguir um resultado superior do que os anteriores”, afirma o atleta. Elionai Sousa compete pela segunda no rally e espera um crescimento em relação ao ano passado. “Fui campeão ano passado da prova 12 horas, na categoria até 34 anos, na chapada do Araripe, em Crato (CE)”, disse.

Márcio Filho, da equipe Coelho, da organização da prova de Bike, que se antecipa 24 horas a passagem dos atletas pelas trilhas para informar sobre as condições dos locais, disse que este ano a prova de bike está bem mista. Para ele, o primeiro e o terceiro dias serão os melhores. “O primeiro dia será bem longo, com primeiro trecho bem rápido, transitando por estradas vicinais entre Teresina e Altos. Os últimos 15 Km antes de chegar em Altos, a trilha vai transitar por baixo da rede elétrica onde se destacam os ‘sobe e desce’ de morros. Após Altos, eles entram na PI que dá acesso a Coivaras e após 10 Km a prova sai do asfalto e entra na trilha, seguindo trecho conhecido como Vale dos Dinossauros, onde uma hora antes estarão passando as motos”, disse Márcio Filho lembrando que este é um trecho cheio de lajeiros e muito técnico.

Depois do Vale, os atletas entram no último trecho cronometrado do dia, uma estrada de piçarra com 15 Km até o fim da especial próximo ao posto Titara, da rede Ipiranga. Daí, os deslocamentos prosseguem até o restaurante Hawai na cidade de Campo Maior, local do fim da primeira etapa das bikes.

Cíntia Lucas

Aldeia Com.

Notícias mais recentes

05/03/2021
Consórcio Honda apresenta série de vídeos do Rally Piocerá 2021
19/02/2021
Jomar Grecco, uma história de persistência
31/01/2021
Rally Piocerá 2021 consagra grandes campeões nas motos
31/01/2021
Campeões dos carros, quadriciclos e UTVs comemoram conquista do Rally Piocerá 2021
31/01/2021
Bikes: Edição história de 20 anos da modalidade no Rally Piocerá termina com grandes emoções