Em 2001, a organização do Rally Piocerá - Cerapió inovou o meio das competições off road trazendo para as trilhas uma prova de bikes, que ficou conhecida como o único rali de bicicletas do mundo. Agora, 12 anos depois, o enduro traz mais uma grande inovação para a modalidade, trata-se da nova forma de apuração da prova, assim como acontece com os carros, motos e quadriciclos do evento, na qual os bikers serão monitorados por GPS, que funciona como um sistema de backup dos dados de cada atleta no percurso.

            Para as bikes, que tem o estilo mountain bike contra-relógio, o GPS traz segurança e precisão aos resultados, pois garante que nenhum competidor, ainda que conhecedor do local, faça cortes ou desvio de roteiroAlém disso, em caso de recursos ou dúvidas no resultado, o sistema de GPS funciona como contra prova, pois ele marca a posição geográfica do competidor a cada segundo, não restando dúvidas sobre o seu trajeto na prova.

Para Zenardo Maia, diretor de prova, o sistema trará mais segurança para a direção, pois os riscos de erros diminuirão, embora, de acordo com ele, nos últimos cinco anos não houve nenhum recurso nos resultados na prova de bike. “Isso é resultado do trabalho da equipe de apuração, que trabalha de forma competente. É lógico que uma apuração com rastro via satélite nos uma comodidade muito maior e isso acompanha a evolução dos próprios atletas, que a cada dia vêm mais preparados e com mais aparatos tecnológicos e bikes muito velozes”, destacou.

O mini GPS Rastro a ser utilizado no Rally de Bike do Piocerá 2013 é um modelo mais compacto que o das provas motorizadas e será preso no quadro da bike com um suporte. Para o experiente atleta de Brasília, Carlos Onofre, essa nova forma de apuração dará mais segurança ao atleta. “Essa foi uma ótima ideia da organização, com certeza o atleta corre com mais segurança, pois evita desvios no percurso e caso ele venha a se perder também”, afirmou o atleta, que participou de várias edições da prova.

Hugo Carlini, de Cariacica, Espírito Santo, concorda com o colega de trilha do Piocerá - Cerapió. “O Piocerá está de parabéns com essa nova tecnologia. O evento cresce em credibilidade, pois evita que atletas que conhecem a trilha burlem o percurso com desvios na trajetória”, elogiou Hugo, que é atleta desde 1997. Ele abandonou o pedal em 2003, engordou quase 20 kg e voltou a pedalar em 2011 com ointuito de se preparar para disputar o Rally Cerapió 2012 pela primeira vez. “Treinei seis meses para encarar essa brutalidade , fiquei em 22º na Sub-40. Terminei vivo.”, brincou o atleta que se prepara para enfrentar as trilhas da 26ª edição do evento, com mais três ciclistas capixabas, entre eles Éverton Siqueira, Stephen Abul Mourad e Denisval Alves.

O Rally Piocerá 2013 começa dia 20 de janeiro, em Teresina-PI, passando por Pedro II, Ubajara-CE, Guaramiranga-CE e chegando, dia 25, na capital cearense, Fortaleza. As inscrições estão abertas no site oficial do evento: www.cerapio.com.br/piocera2013.  Para as bikes as categorias são Feminino; Masculino – Sub-23, Sub-30, Sub-40, Over-40 e Over-50. Patrocínio: Ipiranga. Copatrocínio: TAC MOTORS/STARK; Governo do Ceará; Governo do Piauí. Supervisão: FMP/FCMCBM, FCACBA,FCICLOPI/FCC – FBC.

 

Aldeia Com.

Notícias mais recentes

26/05/2020
Rally Piocerá lança 34ª edição para 2021 entre Piauí e Ceará
22/05/2020
É hoje o lançamento oficial da 34ª edição do Rally Piocerá.
01/02/2020
Confira quem são os campeões nos carros, quadriciclos e UTVs do Rally Cerapió 2020
01/02/2020
Rally Cerapió define campeões das motos na 33ª edição da competição
01/02/2020
Conheça os campeões da prova de bikes do Rally Cerapió 2020