Ela é jovem, bonita e sabe como poucas mulheres trilhar sobre uma moto. Assim é Sabrina Katana, uma mineirinha de Belo Horizonte que faz do off-road a sua profissão, o seu esporte e muitos motivos para ser feliz. “Sou apaixonada por enduro”, ratifica. E ela não apenas gosta, mas também é uma colecionadora de títulos em competições regionais e nacionais e por isso é considerada a piloto número 1 do Brasil na regularidade. Sabrina agora é expectativa para a estreia no maior rally de regularidade do Brasil, o Cerapió, que começa no próximo domingo, 22, no Complexo Cultural Dragão do Mar, em Fortaleza, capital do Ceará. E ela vem forte, como piloto satélite da Honda, patrocinadora do evento, correndo em um uma CRF-230. Sua equipe e apoio é da CV Racing, de Fortaleza.

“Participar do Cerapió é realmente um sonho, porque cresci vendo a grandiosidade desse evento e os amigos do meu pai comentando das suas participações e hoje é real: estou muito feliz e espero dar conta do recado, pois as trilhas e terrenos de Minas são bem diferentes dos que tem nessa prova... nunca andei na areia e vai ser uma experiência maravilhosa”, disse, mostrando que está buscando estratégia para superar seu principal obstáculo.

 Dos seus 29 anos, Sabrina pratica o esporte 16 anos e desde criança era do meio. “Comecei a correr por volta de 1995 junto com meu pai, eu nasci vendo ele correr e depois que me levou para fazer meu primeiro enduro, não parei mais”. Ela diz que é engraçado ser considerada a melhor piloto de moto do país, porque nunca imaginou chegar aonde chegou. “Tanta gente me considera e é maravilhoso, fico muito feliz e isso é fruto de muito trabalho, garra e coragem de participar de provas tão longas, de muitos dias. Hoje o número de meninas no esporte está crescendo e sinto-me orgulhosa de ser o motivo de incentivo de tantas para começar”.

Para ser considerada a melhor, é necessário ter os tão cobiçados títulos, troféus, pódios. “É complicado falar em títulos em tantos anos de carreira, de ficar bem colocada entre os homens em uma prova de regularidade é muito importante para uma mulher, que não temos a mesma força física que eles e que o esporte exige”, diz com humildade. Porém, a sua galeria fala por si. É vice-campeã da Copa Berro D'água (categoria A disputada com mais de 50 homens), 2004, 5° lugar na Copa TCMG, 2006, tri-campeã do Enduro da Independência 2009/2010/2011, campeã do Enduro do Ouro ao Diamante 2008/2009/2011, campeã da Copa TCMG 2008/2009/2010/2011, campeã do Bandeirantes Off-Road 2011. campeã do Ibitipoca Off-Road e campeã Mineira 2010 e 2011 (categoria oficial criada em 2010).

“Dá muita emoção estrear em um evento que chega numa edição tão especial. um friozinho na barriga estrear no Cerapió sem conhecer praticamente nada da prova. Mas, encontrar os amigos de todo país é maravilhoso, vai ser uma experiência única e vai ficar na minha história e na do Cerapió também”, elogiou.

A família é o seu maior incentivo. “No começo namorar foi complicado porque tem pessoas que não entendem o esporte que virou também um trabalho. As provas são longe, são quase todos os finais de semana, nos que não tem prova eu preciso treinar, sempre foi difícil conciliar e quando me perguntam: “ou eu ou a moto?" claro que respondo a moto (risos). Mas Deus me mandou uma pessoa muito especial, que me entende e me acompanha sempre que pode, meu noivo (Emannuel Rodarte) me muita força, acho que ele é meu maior fã”, diz.

 Para 2012, ela espera muito mais do que conquistou na temporada passada. “Fechei o ano de 2011 com chave de ouro, ganhei muitas provas, entre elas o Campeonato Mineiro, o Enduro da Independência, entre outras. Tenho planos de correr o Mineiro de Regularidade, correr o Independência, algumas etapas de enduro FIM, que adoro também, o Mineiro e Copa Pakato. Tenho certeza que 2012 será especial, porque comecei com o direito realizando o sonho de correr o Cerapió”.  Sabrina tem o apoio da Honda, Rinaldi, MotoStreet, ASW, MR Pró e CV Racing.

 

Márcia Cristina
Aldeia Com.

Notícias mais recentes

29/06/2020
Mulheres dominam Live exclusiva para elas do Rally Piocerá/Cerapió
22/06/2020
Conversa de campeões marca Live com o pessoal dos carros e UTVs do Rally Piocerá/Cerapió
15/06/2020
Terceira Live do Rally Piocerá/Cerapió reúne integrantes das motos e quadriciclos
05/06/2020
Bate-papo com galera das bikes agita os canais do Rally Piocerá/Cerapió
26/05/2020
Rally Piocerá lança 34ª edição para 2021 entre Piauí e Ceará